A minha vida teve uma volta de 180 graus aos oito anos. Mudei de uma realidade para outra completamente diferente. Sair do contexto Europeu e mudar para o contexto Sul-americano mexeu muito com a pessoa em que me tornei . Depois de passar seis anos na Argentina e três no Equador, voltei para a minha terra natal. Não foi fácil e continua a não ser, mas é isso que me faz uma pessoa diferente.

Uma das minhas grandes paixões é a fotografia! E nos últimos tempos tenho descoberto o quanto gosto de tirar fotos. Sempre gostei de ser fotografada, mas encontrar que há um mundo diferente por detrás de cada lente tem chamado imenso a minha atenção. Gosto de brincar com a máquina e tentar fotografar aquilo que quero. Mesmo que demore muito tempo.

Decidi ficar em Portugal para completar o meu ensino superior. Estudo Ciências da Comunicação e a cada dia que passa sei que esse é o lugar onde devo estar. Já comecei as escrever algumas coisas para a Igreja do Nazareno e espero poder continuar a fazê-lo por muito tempo.